VIII Encontro da Rede Braspor: primeiro dia



No dia 18 de setembro, aproveitando sua presença para o VIII Encontro da Rede Braspor, tivemos a oportunidade de ouvir as palestras das doutoras Joana Gaspar de Freitas, da Universidade Nova de Lisboa (Instituto de Estudos de Literatura e Tradição) e Ana Maria Fachadas Gonçalves, da Universidade de Lisboa (Centro em Rede de Investigações em Antropologia). 

A Drª Ana foi a primeira a falar. Sua palestra com o título “O Paradoxo do Fado: Sobre o Reconhecimento e Negação” tratou de apresentar esse gênero musical português, bem como a resistência que esse gênero teve por ser considerado marginalizado. Hoje o fado está consolidado na cultura portuguesa, ampliando seu alcance artístico em pinturas pelas ruas das cidades e no comércio.

Com a segunda fala, a Drª Joana nos mostrou um pouco da sua pesquisa. O título de sua palestra é “Uma onda se vai e outra vem. Litoral: Ambiente e História”. Ela nos mostrou que os estudos sobre as zonas costeiras possibilitam uma intensa interdisciplinaridade. As contribuições da História para esses estudos são perceber as alterações do espaço no tempo, trazer uma interpretação confiável frente à tradição historiográfica e preservação do patrimônio, além de possibilitar uma forma diferente de comunicar à população: contando histórias, e, nesse caso, usando o passado como exemplo, histórias de praias. 

 

Alisson Lucena
Graduando em História 
na Universidade Federal
do Rio Grande - FURG.